A Causa

“Para responder à revolução da longevidade, precisamos revolucionar a educação em longevidade.”

Dr. Alexandre Kalache

Educação em Longevidade

A revolução da longevidade não está apenas nos números, está na maneira como a sociedade trata o tema. É preciso uma revolução educacional que comporte esse novo cenário e que insira a longevidade na pauta da escola, da faculdade e do ambiente de trabalho, para que tenhamos uma sociedade mais justa com os maduros, ao mesmo tempo em que prepara os mais novos para a chegada dessa fase da vida.

Viver todos esses anos a mais foge do roteiro de vida tradicional que conhecíamos, em que a velhice era considerada um período sem felicidade ou ocioso, como se pessoa não tivesse mais valor na sociedade.

Essa mudança de rota tem exigido senso de urgência e criatividade da sociedade, tanto para aprender como viver mais e melhor, quanto para preparar os sistemas econômico, social, político e cultural para essa nova realidade. 

A fase pós 60 anos deve e merece ser vivida com muita energia, prosperidade e saúde. E para desfrutar do melhor que esse período pode oferecer, é preciso preparação e ação, independente da sua idade

Porque nunca é tarde para começar e, quanto antes você começar, melhor. 

Skip to content