Por Cecília Xavier

A discussão e as perguntas sobre propósito têm aparecido com frequência em publicações e discussões atuais, mas não se mostram simples de responder.  Propósito pode se referir tanto ao motivo da sua existência quanto a um sentido para as atividades cotidianas (Steger, 2013).  

Algumas características do propósito, citadas por Carla Furtado (2019) são:

  • Envolve motivação; 
  • Confere direção para as decisões que precisam ser tomadas; 
  • É uma necessidade humana; 
  • Precisa beneficiar outra pessoa, para que se diferencie das metas ou objetivos; 

O propósito tende a acontecer nas atividades que possuem um sentido para você. Ao cumprir tarefas automáticas, por simples obrigação e sem atenção, certamente a distância até o propósito aumenta. 

Por outro lado, quanto maior a sintonia entre o que se faz e o sentido percebido naquela ação, mais próximo se está desse sentimento tão cobiçado. Ele mora em atividades simples como pentear os cabelos ou complexas, como o trabalho. Como podemos perceber nos relatos de Viktor Frankl em seu livro “Em busca de sentido”(1991), a possibilidade de viver com propósito está disponível a toda a humanidade, mas poucos realmente sabem do que se trata. E menos ainda conseguem alcançá-lo. 

Para quem se vê perdido, talvez possa ajudar a responder o que o distancia de uma vida com sentido. 

Aos que querem se preparar para uma vida longeva, é interessante saber que pessoas com propósito e com uma vida significativa possuem 57% menos chance de morrer (Boyle et al., 2009). 

O propósito é um caminho que leva à felicidade. E mais do que isso, é um dos braços dela. Ele acolhe a alma, apazigua os anseios e preserva a motivação com a vida. 

O ponto de atenção é: não transforme essa busca em um problema, mas sim em um sentido a ser construído. 

Referências

Frankl, V. E. Em busca de sentido: um psicólogo no campo de concentração. Petrópolis: Vozes, 1991.

Carla Furtado https://youtu.be/nJjTfIGqbfU 

Michel Steager https://youtu.be/RLFVoEF2RI0 

Boyle PA, Barnes LL, Buchman AS, Bennett DA. Purpose in life is associated with mortality among community-dwelling older persons. Psychosom Med. 2009 Jun;71(5):574-9. doi: 10.1097/PSY.0b013e3181a5a7c0. 

Artigo na íntegra https://pubmed.ncbi.nlm.nih.gov/19414613/ 

Biografia: 
Cecília Xavier é uma profissional de Terapia Ocupacional graduada e especializada pela SBGG, além de possuir mestrado na área de gerontologia e saúde mental pela UFMG. Ela é a fundadora da Trampolim 60+, uma empresa que se concentra em preparar indivíduos para as transições de vida, incluindo carreira e aposentadoria. Cecília é uma empreendedora social, palestrante e produtora de conteúdos digitais.
× Olá!